Mulher, por que eu acredito na autenticidade da sua marca – e por que você deveria acreditar também

Mulher, por que eu acredito na autenticidade da sua marca – e por que você deveria acreditar também

De acordo com o Global Entrepreneurship Report de 2019, o Brasil é o país com a maior porcentagem de mulheres que tocam negócios sozinhas. Atualmente, 83% das empreendedoras brasileiras agem de maneira solo. 

Continue lendo “Mulher, por que eu acredito na autenticidade da sua marca – e por que você deveria acreditar também”

5 técnicas de independência feminina que vão te ajudar a dirigir sua própria vida

5 técnicas de independência feminina que vão te ajudar a dirigir sua própria vida

Se você jogar o termo “independência” no Google, vai se deparar com uma definição mais ou menos assim: “ser independente é estar desassociada de outra pessoa; é não depender ou ser dominado por ela. É o estado da pessoa que tem liberdade e autonomia“. 

Continue lendo “5 técnicas de independência feminina que vão te ajudar a dirigir sua própria vida”

Sim, você tem uma história para contar – e precisa acreditar nisso

Sim, você tem uma história para contar – e precisa acreditar nisso

Estou lendo “Storytelling”, de Carmine Gallo. O livro fala sobre grandes contadores de história do nosso tempo, como Oprah e Papa Francisco, e traz reflexões e ensinamentos sobre as ferramentas usadas por esses storytellers. 

Continue lendo “Sim, você tem uma história para contar – e precisa acreditar nisso”

Bloqueio criativo: uma reflexão sobre (a falta de) criatividade na produção de conteúdo

Bloqueio criativo: uma reflexão sobre (a falta de) criatividade na produção de conteúdo

Estou cantando uma música. Ela diz o seguinte: tanta volta pra nenhuma resposta. Tanta volta pra nenhuma resposta. Tanta volta pra nenhuma resposta (e continua repetindo essa frase mais algumas vezes).

Continue lendo “Bloqueio criativo: uma reflexão sobre (a falta de) criatividade na produção de conteúdo”

Está na hora de escrever o livro que você quer ler

Está na hora de escrever o livro que você quer ler

Quando era criança, sonhava em ter um livro publicado. Me imaginava indo de editora a editora para oferecer meu manuscrito, certa de que seria rejeitada, mas que encontraria a oportunidade perfeita algumas tentativas depois.

Continue lendo “Está na hora de escrever o livro que você quer ler”

Como o autoconhecimento pode ajudar você a manter o foco e aumentar a produtividade

Como o autoconhecimento pode ajudar você a manter o foco e aumentar a produtividade

Há algumas semanas um amigo muito querido sugeriu que eu escrevesse um artigo dando dicas de como focar em conteúdos relevantes. Isso aconteceu depois que ele leu um dos meus artigos, em que reflito sobre a relação entre o consumo exacerbado de informações e sanidade mental.

Continue lendo “Como o autoconhecimento pode ajudar você a manter o foco e aumentar a produtividade”

Natascha Kampusch e a importância de interpretarmos nossa própria história

Natascha Kampusch e a importância de interpretarmos nossa própria história

Você já deve ter ouvido falar de Natascha Kampusch ou do livro que ela escreveu, o best-seller 3096 Dias. Caso não se lembre de Natascha ou de seu livro, certamente já ouviu histórias semelhantes a que vou contar neste artigo – afinal, sequestros de meninas, cárcere privado e assédio sexual têm sido temas infelizmente comuns e frequentes na mídia.

Continue lendo “Natascha Kampusch e a importância de interpretarmos nossa própria história”

A fabricação de ídolos e a escassez de saúde mental no mercado do k-pop

A fabricação de ídolos e a escassez de saúde mental no mercado do k-pop

Com fãs fiéis ao redor do mundo, o fenômeno do pop sul-coreano (k-pop) tem alcançado paradas globais e ocupado espaço no Ocidente. Ele chama a atenção pela versatilidade de conceitos, pela produção de seus MVs (music videos) e pelo carisma de suas girl e boy groups

Continue lendo “A fabricação de ídolos e a escassez de saúde mental no mercado do k-pop”