Tá se sentindo improdutiva? Talvez seja culpa do seu ciclo menstrual

Sei que falar sobre ciclo menstrual ainda é tabu e, às vezes, polêmico. Por isso, antes de prosseguir, quero te fazer um pedido.

Vamos parar de agir como se menstruação fosse assunto de outro mundo. 

Se você está lendo este texto aqui, é graças à funcionalidade do ciclo menstrual de uma mulher. É natural. Nada mais, nada menos.

Podemos seguir? 

Pois bem. 

Esse artefato da biologia coloca mulheres em várias situações desconfortáveis ao longo da vida. 

Ver sangue saindo de você não é lá uma visão muito legal, para começar. E daí vem o cansaço, a irritabilidade, a sensibilidade aflorada… Cada mulher experiencia o período menstrual de um jeito único, mas garanto que nunca conheci uma mulher que ficasse no auge da sua plenitude naqueles dias.

(Se ainda resta alguma dúvida, saiba que o estereótipo da mulher feliz e perfumada nas propagandas de absorvente está mentindo pra você.)

Já vi amigas próximas tomando soro na veia no hospital porque suas cólicas estavam insuportavelmente fortes. Já fiquei sabendo de mulheres que têm dores tão fortes que acabam vomitando. Já vivi dias completamente improdutivos porque, Buscopan atrás de Buscopan, a dor não ia embora. 

No entanto, a dor não é o único problema.

(Sim, como se não bastasse…)

Como o ciclo menstrual afeta a produtividade?

Não sou ginecologista, nem especialista no assunto, mas menstruo. Mês atrás de mês, lido com mudanças hormonais que afetam meu humor, energia e produtividade

Quer um exemplo? Depois de todas as implicações do COVID, fiquei perdidinha. Os conteúdos que iria produzir viajando caíram por terra e precisei ser criativa para entender como poderia ajudar pessoas nesse meio tempo.

Justo quando tive que cancelar todos os meus planos, estava naquele período do mês em que meus hormônios não estavam a fim de me convencer de que as coisas ficariam melhores. Estava cansada. Sensível. 

Demorou umas duas semanas para que alguma ideia boa pipocasse na minha cabeça. Estava me sentindo mais animada, confiante e criativa. E aí, olhando para o aplicativo em que costumo fazer anotações sobre meu ciclo menstrual, notei que estava no período fértil.

E eu, no período fértil, sou assim. Animada, confiante, criativa.

Perceber isso me deixou com vontade de entender um pouco mais sobre como essas mudanças hormonais me influenciam enquanto trabalho. 

Créditos da imagem: sodelas.com.br

Tendo em mente que existem as três fases ilustradas aí em cima, concluí que:

No início da fase folicular, é comum que eu fique cansada mais facilmente. Também fico menos criativa. Mas, ao passo que vou me aproximando da fase ovulatória, começo a me comunicar melhor, fico animada e minha criatividade flui. 

Fico mais propensa a colaborar, a pensar em projetos paralelos e em novas estratégias de conteúdo – tanto para clientes quanto para meu blog.

Na fase lútea, no entanto, prefiro ficar na minha. Foco mais facilmente em tarefas manuais que não envolvem ter ideias novas e comunicação constante. 

Quando entendi que algumas respostas e ânimos que me afetavam fazem parte desse ciclo, ficou mais fácil lidar com algumas algumas situações.

E, quando você é uma trabalhadora autônoma, isso é muito importante.

Conciliando o ciclo menstrual com as tarefas cotidianas

Tenho testado algumas maneiras de conciliar as mudanças hormonais do meu ciclo com algumas funções da minha rotina e acho justo compartilhar o que tem funcionado.

(Lembrando que não significa que, porque essa sincronização funciona para mim, ela vai funcionar pra você também. Tudo na vida é relativo e algumas sensações são intransferíveis. Mas, bem, fica a ideia.)

Tente separar seu período do mês nas três fases que já citei: a folicular, a ovulatória e a lútea – e aproveite ao máximo as singularidades de cada uma.

A criatividade da fase folicular pode ser usada para gerar novas ideias ou revisitar processos que estejam precisando da sua atenção. 

Na fase ovulatória, a capacidade de se comunicar melhor pode te ajudar a fechar negócios, a estabelecer novas conexões e até mesmo resolver conflitos que estejam te incomodando. 

Na fase lútea, as tarefas mais manuais, como emissão de notas fiscais, controle financeiro ou demais burocracias podem ser melhor executadas. Se for possível evitar que trabalhos criativos fiquem acumulados nessa fase, é melhor. 

E, pra fechar: se conhecer é mais importante do que seguir diquinhas de produtividade

O subtítulo aqui em cima parece óbvio, né? Juro que não é.

E por isso quero ressaltar que, antes de seguir qualquer dica que aparece por aí (inclusive as minhas), você deve se conhecer. 

Entende melhor seu ciclo, anota suas emoções, verifica se existe um padrão comportamental que está te fazendo produzir mais ou menos. 

Isso é importante porque a maioria dos estudos não leva em consideração a influência do ciclo menstrual na sua produtividade.

Me deparei apenas com uma pesquisa, da BMJ Open, que tratou da produtividade feminina exclusivamente e concluiu que mulheres perdem 9 dias em um ano devido a sintomas menstruais

Também me deparei com notícias que citam outro estudo, da MedInsight, que aponta queda de 70% da produtividade durante o período menstrual – mas não achei a fonte, embora esses dados estejam em um projeto de Lei

Concluindo: ainda sem muito respaldo científico que me guiasse em relação à produtividade dentro do meu ciclo menstrual, tive que me virar sozinha

Entendi que nem sempre vou conseguir acordar cedo, no horário de sempre; que nem sempre vou conseguir começar pelas tarefas mais difíceis e que ferramentas de produtividade não ajudam quando estou com dores. 

Tenho que diminuir os impactos por mim mesma. E escrevi esse texto todo porque alguém precisa começar a falar mais sobre isso, para que seja menos difícil lidar com esses problemas invisibilizados.

Vamos juntas?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s